Categorias

Tavinho Chiossi recebe homenagem por décadas de atuação na vida pública


“A vida pública só se justifica se for para agir em prol do bem da coletividade”. Essa frase marcou os 50 anos de trabalho e dedicação de Octávio José Chiossi na política. Chamado carinhosamente de Professor, pela sua formação acadêmica em Educação Física, Tavinho Chiossi recebeu título de Cidadão Emérito na noite da última quarta-feira, 10/7, em sua casa na área central do município.

A homenagem segue Decreto Legislativo de autoria dos vereadores Hernani Leonhardt (MDB) e José Pereira dos Santos (PTB) aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal. 

Publicidade

Além dos autores da homenagem, o Legislativo foi representado também pelos vereadores Val Demarchi (DEM) e Maria do Carmo Guilherme (MDB). Também participou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, os ex-prefeitos Lincoln Magalhães e Du Altimari, ex-deputado Aldo Demarchi, ex-vereadores Moacir Rossini, Rui Barbosa, Fernando Godoy e Sérgio Guilherme, o advogado Sérgio Santoro, amigos e familiares.

“O Tavinho foi vereador com meu pai, José Carlos Leonhardt. Mesmo muito novo eu tive o privilégio de acompanhar seu trabalho na Câmara Municipal, seja como vereador ou presidente. Uma pessoa notável de inteligência ímpar”, afirmou Hernani.

Para José Pereira, Tavinho Chiossi gravou seu nome na história do Parlamento Municipal pela ampla folha de serviços prestados à comunidade. “Como vereador sempre foi estudioso, conhecedor das leis. Como gestor, nos anos que presidiu a Câmara, teve a honestidade, transparência, educação e profissionalismo como suas principais marcas”, ressaltou Pereira.

A homenagem repercutiu também entre os profissionais da imprensa que foram inseridos na cobertura da política através do aprendizado diário com o Professor Tavinho. Sempre com as portas abertas, seja de seu gabinete de vereador ou de presidente da Câmara, o homenageado foi o responsável pela formação legislativa de muitos jornalistas. “Ninguém saía do meu gabinete com dúvidas”, recorda-se. “A informação que não tinha, buscava. Mas, todas as dúvidas eram sanadas”, comentou Tavinho com alegria ao erguer a placa de Cidadão Emérito com a certeza do dever cumprido.

Biografia

Nasceu em Corumbataí.

Filho do casal Octávio e Maria Chiossi tem como irmãos Maria Aparecida , Maria do Carmo , Rafael (in memorian) e José Maria.

Iniciou sua vida escolar no Jardim de Infância na Casa de Nossa Senhora. Cursou o primário no Grupo Escolar Irineu Penteado e deu sequência em Campinas no Colégio Ateneu. Concluiu o colegial na Escola Estadual Joaquim Ribeiro em Rio Claro.

Formou-se em Educação Física ao cursar faculdade em São Carlos.

Em 1966 casou-se com Teresa Mori Chiossi. O casal teve dois filhos: Daniela e Fábio (in memorian).

Lecionou em diversos estabelecimentos de ensino. Entre eles, Joaquim Ribeiro, Chanceler, Indáia, Odilon Correa e Irineu Penteado.

Iniciou sua trajetória política em 1970. Foi eleito vereador e reeleito para mais quatro mandatos. Por duas vezes presidiu a Câmara Municipal.

A paixão pela política foi sua marca no Parlamento. Seu gabinete, seja de vereador ou de presidente do Legislativo, sempre permanecia aberto onde recebia sempre todas as pessoas sem distinção.

Um dos projetos, de sua autoria, resultou na realização do primeiro concurso para a contratação de professores e diretores de todo o país, o qual muito se orgulha.

Presidiu a Sociedade Philarmônica Rio-Clarense por dois mandatos.

Reside até hoje em nossa cidade, tendo-a como sua cidade natal , apesar de ter nascido em Corumbataí.


Comentários: