Categorias

Identificado o dono de Pit Bull que foi enrolado em cobertor e queimado em Limeira


Neste início da tarde de hoje (19), foi identificado e encaminhado para a Delegacia Seccional da Polícia Civil de Limeira, o homem que seria o proprietário do cachorro da raça Pit Bull, que na sexta-feira (16) foi enrolado em um cobertor e queimado. O homem negou que tenha sido o causador da morte do animal.

Segundo informações, os policiais chegaram até ao homem, pelo microship de identificação que tinha no cachorro. Câmera de segurança mostram o Pit Bull.

Publicidade

Está sendo realizada uma coletiva de imprensa neste momento, mais informações em breve.

O caso

O cachorro da raça pitbull, que foi encontrado por uma ONG depois de ser enrolado em um cobertor e queimado, morreu na manhã de ontem (18) em Limeira (SP). Ele estava internado em uma hospital veterinário desde o resgate, na manhã de sábado (17). O autor dos maus-tratos não foi localizado.

O cão, que recebeu dos voluntários da ONG o nome de Titan, passará por exame necroscópico e será enterrado no Cemitério dos Animais de Piracicaba (SP). Titan estava em uma área verde entre os bairros Graminha e Jequitibás.

De acordo com informações daAssociação Limeirense de Proteção a Animais (Alpa) que lamentou a morte do cachorro, na sexta-feira (16), um morador viu o fogo e ouviu latidos e gemidos do cachorro, jogando um balde de água para apagar as chamas. Em seguida, a ONG foi acionada por ele.

A presidente da Alpa, Cassiana Fagoti, contou que o pitbull estava com muitos ferimentos nas costas, no rosto e nas patas. Ele foi levado ao hospital veterinário em estado grave, com rins comprometidos e sangue na urina.

“Quando cheguei estava aos gritos, berrava demais. Acreditamos que ele foi vítima de maus-tratos ou alguém quis se desfazer dele”, disse a presidente da ONG.

Fontes: Rápido no Ar e Beto Ribeiro Repórter


Comentários:


Outras notícias