Categorias

Reinaugurado na quinta-feira, museu já funciona no fim de semana em Rio Claro

Crédito: Gabriel Gouvêa de Melo

As visitações podem ser feitas de terça a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados e domingos das 9h às 13h.

Grande público prestigiou a reinauguração do Museu Histórico e Pedagógico Amador Bueno da Veiga na noite de quinta-feira (29), em Rio Claro (SP). Depois de ter sido destruído por incêndio e ficar quase dez anos desativado, o museu foi novamente entregue à população que já pode frequentar o espaço a partir deste fim de semana e conferir as cinco exposições em andamento: “Memorial do Museu”, “Memória Ferroviária”, “História de Rio Claro”, “Imagens por Percy de Oliveira” e peças do acervo da pinacoteca. As visitações podem ser feitas de terça a sexta-feira das 9 às 17 horas e aos sábados e domingos das 9 às 13 horas. O museu fica na Avenida 2, entre as ruas 6 e 7, Centro.

Publicidade

Victor Hugo Mori, arquiteto do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), falou sobre a necessidade de criar um vínculo afetivo entre o museu e a comunidade. Neto de antiga moradora do prédio, o advogado Adriano Marchi observou que as chamas do incêndio quase apagaram um sonho que felizmente foi resgatado mantendo viva a história.

Do evento, que teve música da Banda Sinfônica União dos Artistas Ferroviários, também participaram o prefeito, Juninho da Padaria; vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade; os vereadores Geraldo Voluntário, Irander Augusto, Adriano La Torre, Júlio Lopes, Val Demarchi e Hernani Leonhardt; o ex-deputado estadual Aldo Demarchi; a juíza Cyntia Andraus Carretta; o comandante do 37º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Luís Roberto Moreira Filho; o ex-prefeito Du Altimari; além de secretários e servidores municipais, representantes de entidades e pessoas da comunidade.


Comentários:


Outras notícias