Categorias

Escolas municipais não terão aulas na terça-feira para celebrar Dia do Professor


Interrupção de um dia de aulas está previsto no calendário escolar e não haverá prejuízo aos alunos.

As escolas da rede pública municipal de ensino de Rio Claro não terão aulas na próxima terça-feira, dia 15 de outubro. A interrupção nas aulas será feita em comemoração ao Dia do Professor, celebrado nessa data. A medida vale para todas as unidades municipais de ensino, que incluem creches, escolas e projetos. A paralisação de um dia está prevista no calendário escolar de 2019 e não haverá prejuízo aos alunos. “Vamos cumprir os 220 dias letivos previstos na legislação”, informa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

Publicidade

Depois de alguns anos de interrupção, essa será a primeira vez que o Dia do Professor será comemorado com feriado escolar. “Essa medida já foi adotada antes, mas foi interrompida há alguns anos e agora será retomada”, explica o diretor do Departamento Pedagógico, Osmar Arruda Garcia.

A rede municipal de ensino tem mais de 19 mil alunos e 3.400 servidores, entre efetivos, eventuais e contratados. Desses, aproximadamente 1.300 são professores. “É uma singela homenagem aos profissionais que cumprem missão tão importante que é alfabetizar nossas crianças”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Somente as escolas ficarão fechadas na terça-feira (15). As repartições da Secretaria Municipal da Educação funcionarão normalmente, das 7h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas.

A origem do Dia do Professor está ligada à criação do ensino elementar no Brasil, instituído por decreto em 15 de outubro de 1827 pelo imperador Dom Pedro I. Em 1947, o professor paulista Salomão Becker e mais três profissionais da área tiveram a ideia de criar nessa data um dia de confraternização em homenagem aos professores. A data foi oficializada nacionalmente em 1963 pelo então presidente João Goulart. Já o Dia Mundial do Professor é celebrado em 5 de outubro, data criada pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) em 1994.


Comentários:


Outras notícias