Categorias

Alunos não terão aulas nesta terça em função do Dia do Professor


Feriado escolar de um dia está previsto no calendário das escolas municipais de Rio Claro.

Alunos das escolas municipais de Rio Claro não terão aulas nesta terça-feira (15) em função do Dia do Professor, comemorado nessa data. A interrupção vale para todas as unidades municipais de ensino, que incluem creches, escolas e projetos. A paralisação de um dia está previsto no calendário escolar deste ano e não haverá prejuízo aos estudantes já que os 220 dias letivos exigidos por lei serão cumpridos. “Os professores sem dúvida merecem homenagens pela importância do trabalho realizado”, observa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

Publicidade

Depois de alguns anos de interrupção, essa será a primeira vez que o Dia do Professor será comemorado com feriado escolar. “Essa medida já foi adotada antes, mas foi interrompida há alguns anos e agora será retomada”, explica o diretor do Departamento Pedagógico, Osmar Arruda Garcia.

A rede municipal de ensino tem mais de 19 mil alunos e 3.400 servidores, entre efetivos, eventuais e contratados. Desses, aproximadamente 1.300 são professores. “É uma singela homenagem aos profissionais que cumprem missão tão importante que é alfabetizar nossas crianças”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Somente as escolas e projetos ficarão fechados nesta terça-feira (15). As repartições da Secretaria Municipal da Educação funcionarão normalmente, das 7h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas.

A origem do Dia do Professor está ligada à criação do ensino elementar no Brasil, instituído por decreto em 15 de outubro de 1827 pelo imperador Dom Pedro I. Em 1947, o professor paulista Salomão Becker e mais três profissionais da área tiveram a ideia de criar nessa data um dia de confraternização em homenagem aos professores. A data foi oficializada nacionalmente em 1963 pelo então presidente João Goulart. Já o Dia Mundial do Professor é celebrado em 5 de outubro, data criada pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) em 1994.


Comentários: