Categorias

Sete mil crianças assistirão teatro do Geduc sobre trânsito até o final deste ano em Rio Claro


De maneira lúdica e divertida, Guarda Civil educa crianças para o trânsito seguro.

Com atividades às quartas e quintas-feiras, a apresentação de teatro do programa Guarda Educacional (Geduc) deve atender sete mil crianças até o final deste ano. A encenação tem como tema o trânsito e é uma das ações educativas e de conscientização realizadas pela prefeitura de Rio Claro para um tráfego mais seguro.

Publicidade

Nesta semana o Geduc apresenta o teatro nas escolas Victorino Machado e Antônio Sebastião da Silva. Na semana que vem, Dante Egréggio e Marcelo Schmidt. As apresentações tiveram início neste segundo semestre e quase seis mil estudantes de três a 12 anos assistiram a encenação. “Estamos com o calendário lotado até 20 de dezembro, portanto devemos ultrapassar as sete mil crianças atendidas em 2019”, informa a GCM Gláucia, que forma o grupo de teatro infantil da Guarda Civil Municipal junto com as GCM Rosângela e Márcia, com a participação da guarda mirim Ana Luíza. De acordo com Gláucia, novos agendamentos para o teatro do Geduc sobre o trânsito poderão ser feitos a partir do início do ano que vem.

Prevenção de acidentes, uso de itens de segurança como capacete e cinto de segurança, sinalização, uso da faixa de pedestre, os perigos do cerol são alguns dos pontos que o teatro do Geduc coloca em pauta, além de alertas contra situações de perigo para as crianças.

O Geduc conta com o apoio da Secretaria Municipal da Educação. Além do teatro sobre o trânsito, o projeto também realiza atividades às segundas, terças e sextas-feiras com estudantes dos terceiros anos com o tema “Drogas: não entre nessa”. Com maior duração, esse outro trabalho do Geduc atende cerca de 600 alunos por ano, e aborda o perigo das drogas, desenvolvimento da auto-estima e dicas de como lidar com a pressão de grupos e da mídia. Além disso, a Guarda Municipal também realiza palestras educativas e preventivas sobre segurança para a terceira idade, violência doméstica e outros assuntos. As solicitações podem ser feitas pelo email: [email protected]conforme disponibilidade da agenda.


Comentários:


Outras notícias