Categorias

DIG e GARRA prende empresário por receptação na cidade de Sumaré


Na tarde desta sexta-feira (22), equipes da DIG – Delegacia de Investigações Gerais das cidades de Limeira e Cordeirópolis, no interior de São Paulo, e GARRA – Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos, sob o comando do delegado William Marchi realizaram um excelente trabalho para coibir o furto e roubo de caminhões que terminou com um empresário preso em flagrante pelo crime de receptação.

Tudo começou no dia 19 de novembro, quando foi localizado um veículo de transporte da marca Volkswagen/Tractor, em “semi estado de abandono”, às margens da Rodovia Anhanguera (SP-330), e identificado condutor, indivíduo com várias anotações criminais por furto, roubo e receptação, com Mandado Prisão (regime aberto), não portando documentos pessoais e do veículo, sendo assim o caminhão foi apreendido para investigação posterior e conduzido até a DIG Limeira.

Publicidade

Prosseguindo as investigações, os policiais analisaram o telefone móvel celular do capturado, e foi identificado durante a investigação um local “suspeito” na cidade de Sumaré (SP), onde permaneceu toda noite. No local, onde funciona um posto de molas, o proprietário, também com várias anotações criminais, e irmão do capturado na primeira ação, franqueou a entrada dos policiais no estabelecimento comercial.

Espontaneamente o mesmo entregou seu telefone celular móvel para análise, alegando que seu irmão não trabalha mais com ele e não possui contato atualmente, mas ao ser inquirido sobre fotos de pneus de caminhão no aparelho telefônico, em momento de ira desenfreada “pegou o telefone e quebrou”, investindo contra a equipe de policiais civis, tendo que utilizar energia de forma moderadas para contê-lo.

Posteriormente através das imagens em DVR, do posto de molas foi constatado que o caminhão Volkswagen/Tractor, apreendido inicialmente, com semi-reboque, o qual consta furto na cidade de Amparo (SP), estava sendo desmontado dentro do estabelecimento.

Nesta sexta-feira, em nova diligência até ao comércio, sendo localizado e reconhecido pela vítima diversos objetos oriundos do semi-reboque já mencionado, foi recuperado em Paulínia (SP), mas com várias peças faltando.

Diante dos fatos foi lavrado um Boletim de Ocorrência de flagrante delito contra o proprietário do posto de molas, pelo crime de receptação qualificada, ficando preso à disposição da Justiça.

Fonte: Beto Ribeiro Repórter


Comentários:


Outras notícias