Categorias

Mãe faz denúncia de Papai Noel excitado no Big Shopping


O que era para ser um momento de felicidade transformou-se em frustração e vergonha para uma mulher natural de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG). Ela levou a filha mais nova, de apenas 10 anos, para tirar fotos com o Papai Noel do Big Shopping, também em Contagem, na noite dessa terça-feira (10), mas percebeu uma movimentação estranha por parte do homem que interpretava o personagem. A mãe denúncia, por meio do Facebook, que o Papai Noel estava excitado enquanto segurava a filha no colo e que não queria soltar a garota.

O relato da mulher, que terá o nome preservado, já conta com mais de 2,3 mil compartilhamentos, além de reunir centenas de comentários. “Bom dia papais e mamães de Contagem. É com muita tristeza que venho fazer essa publicação”, escreveu a mãe logo no início da postagem, feita nesta quarta (11). “Ontem fui levar minha filha no Big Shopping. Ela quis tirar fotos com Papai Noel, o Papai Noel ficou exitado quando ela sentou em sua perna pra tirar a foto, eu queria tirar ela e ele ficava a segurar a menina”, contou.

Em outro trecho, a mulher disse que a filha tem apenas 10 anos e que o Papai Noel não queria soltá-la. Segundo a mãe, o ator “ficava virando ela [a filha] de uma perna pra outra” e a atitude só teve fim quando ela reagiu. “Até que eu a puxei do colo dele. Eu sei que tenho cula por deixar ela tirar foto, mas tomem cuidado com a filha de vocês”, finalizou.

Publicidade

Nos comentários da postagem, outros usuários do Facebook fizeram relatos semelhantes a respeito da postura do Papai Noel, que levanta debates a respeito de pedofilia e abuso contra crianças. “Gente minha filha tirou foto com ele, ela tem 1 ano e nas fotos eu achei super normal, mas agora vendo a situação parei para analisar as fotos e ele está com a mão debaixo do vestido de minha filha”, comentou uma jovem.

O que diz o Big Shopping

Por meio de nota publicada no Facebook, nesta quarta-feira (11), o Big Shopping explica que o Papai Noel em questão foi contratado por meio de uma empresa especializada em oferecer tal serviço e que, a partir da denúncia, foi afastado das atividades. Apesar disso, não cita o nome da empresa.

“Tomando conhecimento da denúncia, o BIG Shopping proibiu a continuidade dos serviços contratados do referido ‘Papai Noel’ no Shopping”, diz um trecho do posicionamento. No texto, o Big Shopping ainda lamenta o ocorrido e informa que as comemorações de Natal do empreendimento seguem normalmente.


Comentários:


Outras notícias