Categorias

Com gols sobre o Flu, Raphael Veiga chega à sua temporada mais artilheira da carreira de forma isolada

Profissionalizado no futebol em 2016, pelo Coritiba, marcou três gols em 24 jogos em sua primeira temporada no Coxa. Em 2017, seu primeiro ano no Palmeiras, fez dois gols em 22 partidas (à época, muitos meio-campistas experientes não possibilitaram que o jogador tivesse sequência). Emprestado ao Athletico-PR em 2018, quando foi campeão da Copa Sul-Americana, fez 48 jogos e nove gols (até então sua temporada mais artilheira, superada hoje); em 2019, voltou de empréstimo e jogou 31 vezes pelo Verdão, marcando cinco gols; na temporada atual, soma 32 partidas e 11 bolas na rede.

Outra estatística de Raphael Veiga chama a atenção em 2020. Autor de seis gols nos últimos oito jogos da equipe (média de 0,75 gol por jogo neste período), Raphael Veiga é um dos dois palmeirenses a ter marcado em todas as competições regulares disputadas em 2020 – o outro é Luiz Adriano. Ele marcou uma vez no Paulista, seis no Brasileiro até aqui (sendo o vice-artilheiro do time, atrás só de Luiz Adriano, com sete), duas na Libertadores até o momento e outras duas na Copa do Brasil, enquanto o camisa 10 fez três gols pelo Estadual, sete pelo Brasileirão, quatro pela Libertadores e um na Copa do Brasil.

  Com vitória de 2 a 1, Botafogo sai do rebaixamento e quebra invencibilidade do Palmeiras

Publicidade

De quebra, os gols do duelo entre Palmeiras e Fluminense fizeram com que o jogador se isolasse como vice-artilheiro palmeirense do Nacional, pois, antes de entrar em campo, somava quatro bolas na rede na competição nacional e, com isso, dividia a vice-liderança no quesito com Willian Bigode – ambos estão atrás só de Luiz Adriano, com sete.

O fato de ter chegado a 11 gols no ano, além de ampliar seu saldo como terceiro principal goleador do elenco alviverde em 2020, mesmo sendo meia, atrás só dos atacantes Willian (com 14 gols) e Luiz Adriano (15) fez com que Veiga, nessa partida, passasse a ser o terceiro jogador com mais participações diretas em gols (ou seja, gols e assistências somadas). Como não computou assistência em 2020, são 11 participações (todas com gols), atrás só da dupla Luiz Adriano e Willian, ambos com 18. O camisa 10 soma 15 gols e três assistências, enquanto o camisa 29 tem 14 gols e quatro passes decisivos, ultrapassando Wesley e Zé Rafael, com dez (ambos com quatro gols e seis passes a gol).

UM DOS DOIS PALMEIRENSES COM GOLS EM TODAS AS COMPETIÇÕES REGULARES DISPUTADAS EM 2020

O camisa 23, aliás, vive o ano mais artilheiro de sua carreira e chegou ao 11º gol em 2020 e, dentre os palmeirenses do elenco, está atrás só dos atacantes Willian (14) e Luiz Adriano (15). Autor de um dos gols da vitória do Palmeiras no duelo anterior, por 3 a 0, frente o Ceará, pela Copa do Brasil, no Allianz Parque, Raphael Veiga também vive a sua maior série de titular já obtida no Verdão: são nove jogos seguidos dentre os 11 principais.

Fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/com-gols-sobre-o-flu-raphael-veiga-chega-a-sua-temporada-mais-artilheira-da-carreira-de-forma-isolada/


Comentários: