Categorias

Homem que foi baleado há 14 dias em Rio Claro morre nesta segunda-feira

Edmond Aparecido Soares de 63 anos, que foi atingido no tórax por um disparo de arma de fogo, na noite de segunda-feira (27) do ano passado, por volta das 21 horas, quando estava chegando em um bar na esquina da Rua 26, no bairro Jardim Panorama, em Rio Claro (SP), para recolher latinhas, foi socorrido para o PSMI da Santa Casa, ficando internado até hoje (10), onde infelizmente não resistiu e veio a óbito.

Nesta tarde de segunda-feira (10), por volta das 16h30, a sobrinha da vítima compareceu no Plantão Policial para declarar o falecimento do seu tio.

Entenda o caso

Publicidade

Na noite de segunda-feira (27/12), por volta das 21 horas, chegaram dois ou três indivíduos não se sabendo se a pé, de carro ou moto e efetuaram cerca de 20 disparos em Diego Roberto Freita Pereira de 27 anos, que integrava o grupo em uma mesa do bar, sendo que cerca 10 tiros teriam lhe atingido na lateral direita, membro inferior e na cabeça, que lhe causou morte instantânea.

A vítima Edmond Aparecido Soares de 63 anos, ao que se apurou, trata-se de pessoa que, ocasionalmente, chegava no local para recolher latinhas de cerveja para a venda como reciclagem e recebeu um tiro no tórax com entrada pela lateral direita, sendo socorrido pelo Resgate do Bombeiro até o PSM da Santa Casa e submetido a cirurgia de imediato.

Foi apurado que a vítima Diego, havia saído de casa cerca de 20h30 para ir ao bar sendo alvejado por volta das 21h00.

A testemunha, dono do bar, disse que estava em seu interior, e quando ouviu os tiros correu para os fundos e não soube informar sobre quantos seriam os autores e como teriam chegado. Que não sabia dizer quem eram as pessoas que estavam na mesa com Diego jogando baralho, e que também Diego estava frequentando o bar há poucos dias.

O local foi tomado por duas multidões de pessoas, uma em cada lado da rua, mas todos os que foram ouvidos, diziam ter chegado após o tiroteio e que não tinham nenhuma informação.

Os disparos foram efetuados, ao que indica, por pelo menos duas pessoas, visto que os calibres utilizados eram de 9mm. e .40, num total de 20 estojos, localizados, sendo 13 de calibre .40 e 7 de calibre 9mm. Também pelo menos 9 projéteis foram arrecadados pela perícia.

A vítima Diego possuía diversos registros policiais por infração ao crime de roubo, já Edmond não possuía nenhuma passagem pela polícia.


Comentários:


Outras notícias