Categorias

Após Finados, ações de combate à dengue são realizadas nos cemitérios

Município registrou um novo caso da doença nesta semana

Como parte das medidas preventivas à dengue, equipes do Centro de Controle de Zoonoses de Rio Claro realizaram na quinta-feira (3) ações nos cemitérios do município. Os agentes de combate a endemias retiraram as embalagens plásticas dos vasos de flores e também verificaram locais que poderiam servir de criadouros do Aedes aegypti.

“Essas ações são importantes para evitar a proliferação do mosquito”, observa Valdirene Bordin, que coordena o setor de combate a endemias.

Publicidade

Dados mais recentes, divulgados nesta sexta-feira (4) pela Vigilância Epidemiológica, apontam 360 casos de dengue neste ano em Rio Claro, um a mais que o registrado no boletim da semana anterior. Não há casos neste ano no município de chikungunya, zika vírus e febre amarela, doenças também transmitidas pelo Aedes.

As ações de combate a dengue são realizadas permanentemente pela Fundação Municipal de Saúde nos bairros do município. São realizadas visitas casa a casa, vistorias em pontos estratégicos e nebulização. Porém, este trabalho apenas não é suficiente para combater o mosquito. É fundamental que a comunidade faça sua parte.

O Aedes aegypti se reproduz em água parada. Por isso é essencial eliminar os recipientes e manter os quintais sempre em ordem, além de descartar corretamente os materiais.

Siga nosso Instagram – https://www.instagram.com/gruporioclarosp

Inscreva-se no nosso YouTube – https://youtube.com/c/GrupoRioClaroSP

#rioclaro #rioclarosp #noticias #gruporioclaro #gruporioclarosp


Comentários: