Moção de Aplausos da Hipocrisia

“Na sessão ordinária de ontem, na Câmara Municipal de Rio Claro, o destaque foi para a presença em peso dos secretários da nova gestão. Vereador Paulo Guedes “aplaudiu” através de moções o primeiro escalão do novo prefeito. Em uma segunda-feira, pós-trabalho, foi necessária paciência para ouvir o discurso que contou até com citação de música. O pior é aplaudir quem ainda nem mostrou trabalho. Por que não se aplaude os cidadãos rio-clarenses que pagam mensalmente a taxa de iluminação pública, que foi prometida ser revogada? Ou, por que não se aplaude ironicamente o próprio prefeito, que a cada Diário Oficial nomeia novos nomes para máquina pública, a qual prometeu enxugar? Na lógica de uma apresentação, se aplaude ao final – só depois de avaliá-la se é digna das palmas. Tucano deu um tiro no pé. Fez oba-oba apenas para estreitar seus laços com a nova equipe. Terminado seu discurso exaustivo no plenário, apenas Andreia (um dos braços direitos do prefeito sinalizou um aplauso). A atitude foi digna de vaias.”

(N.P.J.)