Novo equipamento agilizará demolição de paredão da antiga Fepasa

Problema que há anos colocava em risco motoristas e pedestres está sendo solucionado.

Realizados pela Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS), órgão do governo estadual, os serviços para redução de muro da antiga Fepasa entraram na manhã desta quarta-feira (13) na fase final. Com a chegada do equipamento, conhecido como “rompedor”, tijolos, vigas e vitrôs estão sendo rapidamente jogados ao chão para colocar fim ao risco que representavam a motoristas e pedestres na Avenida 22-A com Rua 6-A. Os trabalhos devem ser concluídos nos próximos dias. “Agradeço o apoio e a parceria da CPOS que compreendeu a nossa preocupação e tomou as providências para demolir o paredão”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “É muito bom ver esse problema antigo sendo resolvido”, acrescenta.

A obra é toda custeada pela CPOS e incluirá também o reparo de trecho do muro que circunda a área, e a construção de calçadas do lado externo, ampliando a segurança para pedestres. Na parte interna, também estão sendo feitas intervenções para remoção de materiais que por muitos anos ficaram ali depositados. O local foi atingido por um grande incêndio no ano passado.

“É com alegria que vemos as providências sendo tomadas. Esta área ficou por muito tempo abandonada e causava incômodo para os moradores próximos, além de insegurança para todos que por ali passavam”, afirma o prefeito Juninho da Padaria, que fez vários contatos com os governos estadual e federal para pedir providências urgentes. “Embora não seja uma obra de responsabilidade da prefeitura, estamos acompanhando as etapas e vamos continuar atentos quanto à destinação da área”, ressalta Juninho.