Polícia Civil prende quatro membros de quadrilha envolvida com roubo de cargas

Operação foi integrada por equipes da PC das regiões dos Deinters de Campinas e Piracicaba

A Polícia Civil deflagrou uma ação integrada por diversas unidades da corporação que culminou com a prisão de quatro envolvidos em associação criminosa suspeita de ligação com o roubo de combustíveis.

O serviço de investigação, realizado pela Delegacia de Investigações Gerais de Mogi-Guaçu, apurava uma quadrilha que atuava nas regiões de Campinas e Piracicaba.

Baseada nas evidências apontadas pela força policial, a Justiça expediu mandados de prisão e de busca e apreensão para os supostos envolvidos e para os locais apontados pela inteligência.

Em posse destes mandados, no último sábado (11), diversas unidades da PC foram a campo para execução das ordens judiciais.

Participaram da ação equipes da Seccional de Mogi-Guaçu, Garra, Dig de Campinas e Polícia Civil de Araras. Estas unidades tiveram o apoio da Guarda Municipal de Mogi-Guaçu.

Em Mogi-Guaçu foram presos dois indivíduos, em flagrante, dentro de um posto de combustível, quando entregavam 18 mil litros de etanol, por intermédio de um caminhão Volvo acoplado a semirreboque.

Em Araras foi preso um terceiro suspeito, também em flagrante. Em posse deste indivíduo, foi apreendida uma arma de fogo, calibre .38, produto de furto.

Simultaneamente, na divisa entre Jaguariúna e Santo Antônio de Posse, foi apreendido um veículo Golf, um caminhão Iveco e uma arma calibre 12.

Uma mulher, apontada como integrante desta mesma quadrilha, já havia sido presa antes da operação do último sábado.

Os suspeitos serão indiciados por receptação criminosa e associação criminosa. Eles foram encaminhados para a Unidade De Detenção, Triagem e Encaminhamento (UDTE) de Itapira, enquanto a mulher encontra-se no CPJ do município de Mogi-Guaçu.