Rio Claro F.C. perde a segunda seguida e cai para a quarta posição na tabela da A2

Foto: Michael Sanches/Água Santa
Por Renan Riggo

GALO AZUL VISITOU O ÁGUA SANTA E FOI DERROTADO PELO LÍDER DA COMPETIÇÃO

Pela 10ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista, Água Santa e Rio Claro se enfrentaram nesta tarde (04/03) em Diadema, no Distrital do Inamar, na Grande São Paulo. A partida teve início às 15h e os donos da casa venceram pelo placar de 2 a 0.

PRIMEIRO TEMPO

O líder da A2 começou se impondo e pressionando o Galo Azul, que por sua vez se postava defensivamente esperando por um contra-ataque para acelerar e chegar ao gol.

A primeira grande chance da partida foi criada pelo Água Santa, com Celsinho, aos 18′. Após o bate e rebate na área, a bola sobrou e o jogador do Água mandou chute forte que explodiu na trave de Murilo Prates. O Azulão respondeu aos 25′ com Sapeka, que aproveitou a sobra e chutou forte. Serginho afastou o perigo para os donos da casa.

Aos 35′, Bruno Recife invadiu a área rioclarista pela esquerda e foi derrubado por Formigoni. O árbitro assinalou a penalidade máxima, que foi cobrada e convertida por Alvinho, aos 36′. Água Santa 1 x 0 Rio Claro.

SEGUNDO TEMPO

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, a sorte do Rio Claro parecia mudar. Luisão fez falta em Élton Martins parando o contra-ataque do Galo e foi expulso pelo árbitro. O time rio-clarense passou a ter vantagem numérica, mas foram os donos da casa que ampliaram o marcador.

Aos 5′, após cobrança de escanteio, Serginho subiu por trás da marcação e cabeceou para o fundo das redes de Murilo Prates. Água Santa 2 a 0.

Aos 8′, Élton Martins avançou pela esquerda e bateu cruzado na saída de Paes. No entanto, a arbitragem anulou o gol do Galo Azul marcando o impedimento do atacante. Com desvantagem numérica e dois de vantagem no marcador, o Água Santa se fechou e embolou o meio campo para dificultar a vida do Rio Claro, que passou a ter mais a bola, mas sem sucesso nas tentativas de penetrar na área dos donos da casa.

Foto: Michael Sanches/Água Santa

O Água Santa seguiu se portando muito bem em campo, mesmo com um a menos. O time da casa se defendia muito bem e levava perigo nos conta-golpes.

Apesar da vantagem no número de homens, que aumentou aos 40′ depois que o Água Santa teve o seu segundo jogador expulso (Lucas Dias foi pro chuveiro mais cedo por pisar em Alexandre), o Galo Azul se mostrava desorganizado e não dava indícios de reação.

A partida terminou no Distrital do Inamar tendo o Rio Claro com dois homens a mais, mas dois tentos a menos no marcador. Água Santa 2 x 0 Rio Claro. Com o resultado, a equipe de Diadema se isola na liderança da Série A2, com 25 pontos, enquanto o Galo Azul cai para a 4ª colocação, estacionado nos 17.

PRÓXIMOS JOGOS

Pela 11ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista, o Rio Claro volta a campo no próximo sábado, 09/03, quando recebe o lanterna São Bernardo no Schmidtão, em Rio Claro, às 17h. O líder Água Santa retorna aos gramados no domingo, 10/03, para enfrentar o 5º colocado Juventus, na Rua Javari, às 10h.

 

FICHA TÉCNICA

Água Santa 2 x 0 Rio Claro

DATA: 4 de março de 2019.

HORÁRIO: 15h.

PÚBLICO: 6.826 pessoas.

RENDA: R$51.109,00.

LOCAL: Distrital do Inamar, Diadema-SP.

GOLS: Água Santa – Alvinho, aos 36’do 1T e Serginho, aos 5’do 2T.

ÁGUA SANTA: Paes; Jonathan Bocão, Lombardi, Luisão e Bruno Recife; Everton (Rodrigo San), Serginho (Luan Dias) e Diogo Marzagão; Dadá, Alvinho (Somália) e Celsinho. Técnico – Márcio Ribeiro.

RIO CLARO: Murilo Prates; Fernando, Roger Bernardo e Salustiano; Franco, Formigoni (Alaor), Vitor Braga e Daniel Carvalho; Lucas Santos, Gustavo Sapeka e Élton Martins. Técnico – Adilson Teodoro.

EQUIPE DE ARBITRAGEM: Rodrigo Gomes Paes Domingues (Árbitro), Luis Alexandre Nielsen (Assistente 1) e Humberto José Júnior (Assistente 2).

CARTÕES AMARELOS: Água Santa – Serginho, Luisão, Somália, Dadá e Paes; Rio Claro – Formigoni e Fernando.

CARTÕES VERMELHOS: Água Santa – Luisão e Luan Dias.