Categorias

Reunião do Fórum em Defesa do Rio Corumbataí acontece na próxima quarta-feira, em Ipeúna


A Câmara de Vereadores de Ipeúna convida todos os interessados à comparecerem na “Reunião do Fórum Regional Permanente em Defesa do Rio Corumbataí”. O assunto principal a ser debatido, é sobre o impedimento imediato do despejo irregular de esgoto sem tratamento da Casa Escola Rio Claro no rio Cabeça. Outros problemas que estão correlacionados, como o desmatamento da mata ciliar, também serão discutidos. O inquérito já foi protocolado junto a esta promotoria.

A irregularidade foi constatada durante visita da Comitiva no entorno da instituição, no dia 10 de abril deste ano. Na descrição dos fatos, foi explicado que todo o esgoto da Casa Escola fica alojado do lado direito do prédio, onde existe uma taboa. Que o trajeto do esgoto segue por um loteamento que se forma à beira da rodovia SP 191, sentido Rio Claro, e desemboca no rio Cabeça. A margem do rio também foi afetada, pois sofreu desmatamento para serem colocados de tubos por onde o esgoto descerá até o rio. No local, ainda foi verificado a implantação de um Emissário de Efluentes Tratados, Processo n° 119750/2016, Autorização 2101046/2016.

Publicidade

Os vereadores de Ipeúna, Diego Heron Pinheiro e Ademir Augusto Pazetto, voltaram ao local nos dias 18 e 19 de abril, e se depararam com o desmatamento total de uma trilha, na margem esquerda do rio, conforme relata a denúncia feita junto à Policia Ambiental de Rio Claro.

Segundo consta na representação da Câmara de Ipeúna, em poucos dias, o rio Cabeça, afluente mais limpo da Bacia do Corumbataí, estará recebendo grande carga de esgoto ‘in natura’, diminuindo a qualidade das águas do Corumbataí, e de oito cidades que fazem parte.

O Fórum acontece na próxima quarta-feira, 5, no plenário da câmara de Ipeúna, Rua 1, 275, Centro.


Comentários: