Categorias

Livro online e gratuito traz dicas para montar lancheira escolar saudável


Publicação da Secretaria de Agricultura e Abastecimento orienta responsáveis e educadores sobre quais alimentos escolher

A alimentação de crianças e adolescentes é parte importante do desenvolvimento. Na fase escolar, a escolha adequada de alimentos que serão colocados na lancheira contribuem para criar hábitos saudáveis no dia a dia dos alunos. Com apoio do livro “Lancheira Saudável”, publicado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, a nutricionista Milene Massaro dá algumas dicas para pais e educadores.

“O lanche escolar faz parte da rotina alimentar e também é uma refeição muito importante, pois ajuda a fornecer condições favoráveis para que a criança atinja seu crescimento e mantenha uma boa saúde, além de disponibilizar a energia necessária para garantir a concentração e disposição no momento dos estudos”, afirma a nutricionista.

Publicidade

O livro “Lancheira Saudável” traz 20 opções de cardápio completos para variar a lancheira e está disponível para download gratuito neste link e nas livrarias digitais Cultura, Amazon, iTunes e Kobo.

Variedade
Uma lancheira deve ser completa, equilibrada, variada e divertida. Para isso, deve conter uma porção de carboidrato, uma de proteína e uma de frutas ou legumes, sem esquecer da garrafinha de água para ajudar na hidratação.

Os carboidratos fornecem energia, as proteínas de origem animal ou vegetal dão estrutura, fortalecem e favorecem o crescimento de ossos, músculos e tecidos como pele, cabelos e unhas; e as frutas e legumes são fontes de vitaminas e minerais para regular as principais funções do organismo.

Produtos caseiros
Prefira as preparações caseiras que levam ingredientes mais frescos e nutritivos, além de todo cuidado e carinho empregados no momento do preparo.

Frutas e legumes
Busque formas diferentes de incluir frutas e legumes na lancheira. Exemplos: frutas in natura com cortes diferenciados, secas ou desidratadas, sucos naturais, geleias caseiras e sem açúcar, tomatinhos cereja, cenoura baby, brócolis cozido, palitos de pepino etc.

Bata a polpa da fruta, disponha em fôrmas para gelo, congele e depois coloque as pedrinhas de polpa congelada em uma garrafa com água. Até a hora do lanche, o gelo irá se desfazer e, no momento do consumo, a criança terá um suco fresquinho e saboroso.

Portal do Governo


Comentários: