Categorias

Atrações prometem agitar o público no Carnaval na Praça de Rio Claro


O Carnaval se aproxima e com ele toda alegria e descontração típicas da data. Em Rio Claro, no Jardim Público, serão quatro dias de diversão gratuita com muitas atrações que prometem não deixar ninguém parado. O Carnaval na Praça acontece nos dias 22, 23 e 25, das 16h às 22 horas e, no dia 24, segunda-feira, das 18h às 22 horas, com apresentações de bandas cujo repertório terá muitas marchinhas, axé e samba. O evento é uma realização da prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes e Turismo (Setur).

Além da programação musical, o espaço do evento, que será coberto, contará com praça de alimentação e brinquedos gratuitos com distribuição de pipoca, algodão doce e sorvete para as crianças. Os pequenos também poderão usufruir do passeio de trenzinho gratuitamente.

O titular da Setur, Ronald Penteado, enfatiza que as atrações musicais irão agradar público de todas as idades. “Tenho certeza que todos, independentemente da faixa etária, vão se divertir com o repertório preparado especialmente para o Carnaval na Praça. Serão quatro dias de pura alegria que devem ser bem aproveitados, mas, sempre de forma segura e saudável”, pontua o secretário.

Publicidade

Conforme a programação musical do evento, no sábado, dia 22, o Carnaval na Praça terá como atrações o grupo Surreal e Batuque da Nega. Com mais de dez anos de carreira, o grupo Surreal é composto pelos músicos Pedro, OC, Rafa e Lukinha. Com um repertório recheado de sambas e pagodes atuais, com influências de hip hop e soul, o grupo vai agitar o Carnaval na Praça.

A banda Batuque da Nega, que fez grande sucesso junto ao público no evento de 2019, levará novamente toda sua energia e ritmo contagiante ao Jardim Público no sábado (22) e segunda-feira (24). É formada por Luiz Beleza, Alexandre Peghinelli, Luiz Silva, Emílio Vargas, Willian Leandro, Gustavo Oliveira, Caíque Gonçalves, Pedro Henrique dos Santos, Willian Nagib Filho, Thiago Velloso, Thiago Xavier, Mazola da Silva, Vitor Chavari, Lucas Simões, Ítalo Rocha e Marco Aurélio dos Reis. O repertório passeia por canções de Tim Maia, Jota Quest, rock nacional e forró, entre outros, com uma mistura de ritmos e estilos transformando a apresentação em um grande show.

No domingo (23) quem sobe ao palco é o grupo Tem Fuzuê; Júlio Neri, que se apresentam também na terça-feira (25); banda Balaio de Gato, que volta ao Coreto na segunda (24); e banda Salve Salve Simpatia, que retorna no encerramento do evento, na terça-feira (25).

Criado há quatro anos, o Tem Fuzuê conta com o vocalista Marcinho; Alexandre (cavaquinho); Leandro (violão); Cristiano (pandeiro); Vinne (reco-reco) e Biro (tan-tan). O grupo se apresenta em várias casas noturnas de Rio Claro e região e, no Carnaval na Praça, o público irá conferir muito samba, pagode e sambas enredos.

Júlio Neri estará acompanhado dos músicos Leonardo Veríssimo, Janderson, Alessandro Ciquinha, Gustavo Velozo e Gustavo (Bigato). Um repertório eclético promete não deixar ninguém parado durante a apresentação.

O Balaio de Gato, que também agitou a galera ano passado, no Coreto, retorna com seu repertório festivo e popular. Luiz Ângelo Pizzonia; Koiti Zakabi; Daniel Castro e Ricardo Figueira levam toda sua irreverência ao jardim.

Outra atração do evento é a banda Salve Salve Simpatia. Criada em 2019, a banda nasceu dentro do bloco que leva o mesmo nome, Salve Salve Simpatia, e é composta por músicos de Rio Claro e região, tendo como diretor artístico Ricardinho. A banda leva ao público todos os ritmos de Carnaval, desde marchinhas, MPB com Jorge Bem Jor e Tim Maia, entre outros, passando por axés antigos e sambas enredos.

Também no encerramento do evento, na terça-feira (25), o público confere a apresentação da escola de samba Samuca com a participação especial de Daniel Colete. Considerado um dos grandes intérpretes do Carnaval de São Paulo, já teve passagens por escolas como Mocidade Alegre, X-9 Paulistana, Dragões da Real, além da própria Samuca, sendo atualmente o titular da Pérola Negra, tradicional agremiação da Vila Madalena.

A apresentação show da Samuca contará também com a bateria Ritmo Envolvente, passistas, casais de mestre sala e porta bandeira, estandartes, baianas, destaques, harmonia e time de canto. A Azul e Branco vai embalar a apresentação com sambas enredos da agremiação e também outros sucessos conhecidos do público.


Comentários: