Categorias

Promotora pede inquérito contra agentes que prenderam mulher em praça de Araraquara


Vídeo mostra cidadã descumprindo decreto de quarentena

A promotora de Justiça Patrícia Sguerra Vita e Castro requereu à Delegacia de Polícia Seccional de Araraquara (SP) a instauração de inquérito para apurar eventuais crimes de abuso de autoridade e lesão corporal por parte de agentes da Guarda Civil Municipal que prenderam uma mulher por descumprimento de decreto que proíbe o acesso a praças e parques na cidade.

Saiba mais: Mulher é presa em Araraquara por descumprimento de decreto

Vídeo que circulou nas redes sociais mostra Silvana Tavares Zavatti sendo algemada e conduzida por integrantes da GCM. 

Para a promotora, os decretos municipal e estadual que estabelecem quarentena “não dão supedâneo legal à prisão da munícipe”. Ela acrescenta que o “eventual ato de resistência decorreu do natural inconformismo gerado pela ação ilegal e abusiva dos agentes municipais (…)”.

Publicidade

Ministério Público do Estado de São Paulo


Comentários: