Categorias

Câmara de Rio Claro avança para construir sede própria no Espaço Livre da Visconde

A construção da sede própria da Câmara Municipal caminha para se tornar realidade na área onde está situado o Espaço Livre da Avenida Visconde do Rio Claro. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (8), em reunião realizada no local. Representantes da Fundação Ulysses Guimarães – Bruno Oliveira (presidente da diretoria) e João Zaine (presidente do Conselho) – estiveram reunidos com o prefeito Gustavo Perissinotto, presidente do Legislativo, José Pereira dos Santos e vereadores. No ato, eles entregaram o Ofício 092/2021 por meio do qual autorizam a Prefeitura de Rio Claro a viabilizar o espaço para a construção da sede própria da Câmara.

No ofício, a Fundação Ulysses Guimarães externa: “Muito nos alegra em saber que a Câmara Municipal caminha para ter a sua sede própria. Essa separação dos espaços físicos é fundamental para maior transparência e independência entre os poderes Executivo e Legislativo. Nada mais simbólico e justo que esse passo histórico venha homenagear e valorizar a memória e o legado de Ulysses Guimarães, o maior defensor do Poder Legislativo. Solicitamos que sejam viabilizados espaços, neste local, para que a Fundação possa acomodar o seu acervo, escritório e sala de reuniões. Propomos que seja dado o nome ao complexo, que abrigará a Câmara Municipal, de Dr. Ulysses Silveira Guimarães”.

Nas presenças de Julinho Lopes (Progressistas), Geraldo Voluntário (MDB), Hernani Leonhardt (MDB), Irander Augusto (Republicanos), Sivaldo Faísca (DEM), Diego Gonzales (PSD) e Rodrigo Guedes (PSL), o presidente, José Pereira agradeceu todos os vereadores da atual legislatura que estão empenhados para que a obra possa se tornar realidade. “Vamos construir neste local um prédio funcional para a Câmara que possa ser utilizado também por toda a comunidade em atividades diversas”, enfatizou.

Publicidade

Gustavo Perissinotto comentou que no Estado de São Paulo não existe uma cidade sequer, com mais de 200 mil habitantes, onde a Câmara Municipal não possui seu espaço próprio. “Esse será o primeiro ano na história de Rio Claro em que a Prefeitura não vai receber a devolução de recursos do Legislativo no final de ano e mesmo assim vamos fechar com superávit”, disse o prefeito. “Esse recurso será fundamental para que esta importante obra tenha suporte financeiro para ter início”, completou Perissinotto ao destacar o alinhamento do Executivo com o Legislativo em prol da gestão da cidade.

Em nome da bancada do MDB, o vice-presidente da Câmara, Hernani Leonhardt, informou que o Plenário vai receber a curto prazo decreto que denominará a sede própria do Legislativo de Dr. Ulysses Silveira Guimarães. “Vamos honrar o nome deste político que representa o Legislativo nacional”, disse o vereador.

Com o aval para a construção, José Pereira explica que a partir de agora todos os procedimentos burocráticos, que marcam a etapa anterior ao início da obra, serão adotados.


Comentários:


Outras notícias