Categorias

Fundos de investimento , vale a pena investir?

Os fundos de investimento estão ganhando cada vez mais espaço na carteira dos investidores nos últimos anos, em virtude de suas grandes vantagens, como a gestão profissional de portfólio e a diversificação deinvestimentos. Segundo a ANBIMA, a indústria de fundosregistrou captação recorde de R$ 206 bilhões no primeiro semestre de 2021, superando com folga a marca recorde anterior de R$ 166,4 bilhões registrada durante o primeiro semestre de 2019.

Basicamente, os fundos funcionam como uma espécie de “condomínio” de investidores. Ou seja, eles são uma forma de aplicação financeira coletiva, formada pela união de vários investidores que se juntam para a realização de um investimento financeiro, visando um determinado objetivo ou retorno esperado.

Os recursos aplicados nos fundos são convertidos em cotas, assim, cada cotista possui um número de cotas proporcional ao valor total de seus investimentos. O valor da cota varia diariamente e o valor total investido é calculado por meio da multiplicação do número de cotas adquiridas pelo valor da cota no dia. Sendo assim, opatrimônio total de um Fundo de Investimento é a soma de todos os recursos aplicados por seus diferentes investidores.

Publicidade

Uma das grandes vantagens de investir em um fundo é que ao realizar o aporte, você está delegando a gestão e administração dos seus recursos a uma equipe de profissionais qualificados. Cabe a eles o trabalho de escolher os ativos que compõem o fundo e o acompanhamento dos resultados desses ativos. Por outras palavras, o gestor do fundo será o responsável por decidironde aplicar o seu dinheiro (e dos demais cotistas), juntamente com sua equipe de analistas. 

É função deles buscar pelo melhor resultado possível, sempre respeitando as regras estabelecidas no regulamento, que variam de acordo com os diferentes tipos de fundos. Mas e se o gestor decidir não respeitar as regras? Aí é que entra mais uma figura importante do fundo, que é a do administrador, é ele quem protege os cotistas, cuidando para que tudo ocorra conforme descrito na política de investimentos do fundo. Além da política de investimentos, os fundos devem disponibilizar o grau de risco e a exposição da carteira em determinados ativos.Este documento fica no site da CVM e pode ser consultado por qualquer investidor.

Os fundos, normalmente também possuem um benchmark. Ele é um parâmetro utilizado como referência para analisar o desempenho do fundo de investimento, e é o indicador que o fundo busca superar ou acompanhar. Obenchmark de um fundo de ações, por exemplo, pode ser o IBOVESPA, ou o IBR-X. Já de um fundo de renda fixa pode ser o CDI ou IPCA, assim como um fundo de ações internacional pode ter como referência o S&P500.

Agora que ficou mais claro como os fundos de investimentos funcionam, é importante conhecer os principais tipos de fundos:

Fundos de Renda Fixa – indicados para investidores mais conservadores, que buscam baixo risco. Deve investir pelo menos 80% das suas aplicações ativos de renda fixa, como CDBs, Debêntures, LCIs/LCAs e títulos públicos.Apresentam como principal fator de risco de sua carteira a variação da taxa de juros, de índice de preços, ou ambos.

Fundos Multimercados – indicados para investidores que buscam maior diversificação. São veículos que apresentam maior liberdade para alocação, podendo investir nos maisdiversos ativos do mercado, como CDBs, ações, títulos públicos, derivativos, câmbio, sempre buscando o melhor portfólio de acordo com o cenário econômico do momento.

Fundos de Ações – indicados para investidores que suportam uma maior exposição a riscos, em troca de uma expectativa de rentabilidade mais elevada. Investem no mínimo 67% dos recursos em ações ou ativos relacionados, como bônus de subscrição, certificados de depósito de ações, opções, cotas dos fundos de índice de ações e BDRs.

Fundos Internacionais – permitem realizar a alocação de recursos no exterior. Esses investimentos podem ter ou não o hedge cambial, ou seja, exposição ou não em moeda estrangeira. São indicados para quem deseja diversificar e expor seu capital às condições internacionais, desde que tenha um perfil de risco compatível.

Você pode encontrar todos esses tipos de fundos de investimentos das gestoras mais renomadas do mundo na XP, com a assessoria da RP Capital! Nosso objetivo é ajudar os clientes a diversificar a carteira, sempre buscando balancear segurança e rentabilidade por meio das alocações mais eficientes!

Agende uma reunião e venha nos conhecer. 

Rua 5 CJ, Nº 5, esquina com Av. 23 – Cidade Jardim 

(19) 3315-1100 

Pedro Pupulim Achê, Ancord ®  

Assessor de investimentos da RP Capital.


Comentários:


Outras notícias