Categorias

Mulher que levou idoso morto a banco vai para audiência de custódia

Nesta quinta-feira (18), a Justiça realiza uma audiência de custódia com Érica de Souza Vieira Nunes, detida em flagrante na terça-feira passada (16) por levar um idoso falecido para sacar um empréstimo em uma agência bancária. O procedimento judicial, agendado para as 13h, determinará se Érica será libertada ou permanecerá sob prisão. Ela foi detida por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver, embora afirme que o homem, que ela alega ser seu tio, estava vivo quando chegou ao banco em Bangu.

Saiba mais: Mulher é detida após tentar sacar empréstimo em agência bancária levando cadáver em cadeira de rodas

O médico do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), chamado pelos funcionários do banco para atender ao homem, confirmou que ele estava morto há algumas horas.

As tentativas de saque na agência bancária foram registradas em vídeo. Nas imagens, o idoso está pálido e sem reação, sentado em uma cadeira de rodas, enquanto Érica pede repetidamente que ele assine o empréstimo de R$ 17 mil. A mulher, que afirmou à polícia ser cuidadora e sobrinha dele, mencionou que “ele era assim mesmo”.

Publicidade

Os funcionários, ao perceberem a anormalidade da situação do homem, chamaram o Samu.

O delegado Fábio Luiz, responsável pelo caso, afirmou que a esclarecimento sobre se a vítima chegou morta ou morreu dentro da agência pouco afeta o crime investigado.

A advogada de Érica, Ana Carla de Souza Correa, sustenta que o homem estava vivo ao chegar ao banco e que sua cliente estava emocionalmente abalada e sob efeito de medicamentos. Em seu depoimento à Polícia Civil, Érica afirmou que foi à agência bancária levada por um motorista de aplicativo.

Siga nosso Instagram – clique aqui!

Siga nosso Facebook – clique aqui!

Inscreva-se no nosso YouTube – clique aqui!

#rioclaro #rioclarosp #noticias #jornalismo #noticia #gruporioclaro #gruporioclarosp #principal #cadaver #rj


Comentários: