Categorias

Rio Claro registra óbito por febre maculosa

Dois casos da doença foram confirmados nesta quinta-feira

A Vigilância Epidemiológica de Rio Claro confirmou nesta quinta-feira (10) um óbito por febre maculosa no município. O paciente, do sexo masculino, tinha entre 50 e 60 anos. Um segundo caso também foi confirmado, uma criança menor de dez anos que está hospitalizada. Os resultados positivos, enviados pelo Instituto Adolfo Lutz, foram recebidos pela Vigilância Epidemiológica nesta quinta-feira.

O local de possível contágio, comum a ambos os casos, fica às margens do rio Corumbataí, em área de preservação ambiental, próxima ao bairro Jardim Panorama. O Centro de Controle de Zoonoses confirmou no local a livre circulação de equinos e bovinos. Por se tratar de mata ciliar, lá possivelmente também circulam capivaras e outros animais. No local também foi constatada presença de ninfas de carrapato (micuins).

Publicidade

Ações preventivas estão sendo realizadas e incluem a sinalização do local, conscientização de profissionais de saúde e população, além de contato com a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), que, juntamente com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, seguirá com análises na região.

A Vigilância Epidemiológica de Rio Claro alerta a população para que evite contato com qualquer área de mata, especialmente margens de córregos, rios e lagos, e locais com circulação de animais silvestres, capivaras e cavalos. A febre maculosa é transmitida pelo carrapato tipo estrela, que em 1% dos casos podem estar infectados pela bactéria riquétsia, parasitando várias espécies de animais silvestres.

Quem apresentar quadro de febre e mialgias e que frequentou um desses locais nos últimos 14 dias deve procurar atendimento médico, sendo muito importante informar ao profissional de saúde tal situação de risco.

Siga nosso Instagram – https://www.instagram.com/gruporioclarosp

Siga nosso Facebook – https://www.facebook.com/gruporioclarosp

Inscreva-se no nosso YouTube – https://youtube.com/c/GrupoRioClaroSP

#rioclaro #rioclarosp #noticias #jornalismo #gruporioclaro #gruporioclarosp


Comentários: