Polícia Militar Ambiental apreende espécimes em cativeiro e aplica multa em Rio Claro

Nesta quarta-feira (10), em cumprimento da Operação Servir e Proteger, a equipe de  PM’s composta pelo 3º Sargento Laércio e Cabo Duprê, durante patrulhamento pelo município de Rio Claro (SP), está equipe policial encontrou com 6 aves silvestres (3 coleirinho, 1 azulão, e 2 bigodinho) sem anilhas de identificação, penduradas em gaiolas individuais, na garagem de uma residência no bairro Batovi, sendo o proprietário questionado quanto a autorização do órgão competente para manter o pássaro em cativeiro, informou não possuir. No interior da residência foram localizadas mais 10 aves silvestres sem anilhas (1 coleirinho, 4 bigodinhos, 2 canários da terra verdadeiros, 0=1 azulão, 1 tico-tico-rei e 1 pintassilgo) e também 04 curiós anilhados, as aves estavam com água e alimento suficiente e sem sinais de maus tratos.

Diante dos fatos, foi elaborado AIA com sanção de multa simples no valor de R$37.000,00 (trinta e sete mil reais), as aves sem anilhas foram apreendidas e soltas em seu habitat natural, tendo em vista o seu estado bravio, as gaiolas foram destruídas e descartadas no eco ponto. Os curiós anilhados foram apreendidos e depositados com criador regulamentado, até a triagem das anilhas e medidas pertinentes.