Categorias

Velo perde para o Audax por 2 a 0 e está eliminado da série A3 do Campeonato Paulista

Por Renan Riggo

O RUBRO-VERDE JOGOU MELHOR DURANTE A MAIOR PARTE DA PARTIDA, MAS SOFREU DOIS GOLS NOS MINUTOS FINAIS E DEU ADEUS À COMPETIÇÃO

Pela partida de volta das quartas de final da Série A3 do Campeonato Paulista, a Associação Esportiva Velo Clube recebeu na noite deste sábado (13/04) o Grêmio Osasco Audax, em partida que se iniciou às 19h. O Velo foi derrotado pelo placar de 2 a 0 e deu adeus à competição estadual. Este foi o primeiro revés dos comandados de Karmino Colombini na atual edição da A3.

Publicidade

O JOGO

Uma hora antes da partida se iniciar, uma forte chuva começou a cair na cidade de Rio Claro, o que fez com que alguns colegas da imprensa chegassem a cogitar a possibilidade de adiamento do confronto. No entanto, a peleja começou pontualmente às 19h, debaixo de muita água e com o gramado bastante encharcado.

O primeiro tempo foi muito equilibrado e ambas as agremiações criaram oportunidades de abrir o placar. O Audax chegava principalmente através das bolas paradas, tanto nos escanteios quanto nas faltas laterais.

O Velo, por sua vez, teve em Chuck a sua principal armar de ataque. O camisa 11 saiu cara a cara com o goleiro Jeferson numa ocasião, obrigando o camisa 22 do Audax a realizar uma excelente defesa.

Em lance muito parecido, Chuck recebeu a bola nas costas da marcação, avançou e finalizou para o fundo das redes do Audax. Contudo, o bandeira assinalou o impedimento do atacante velista e anulou o tento.

Em mais uma oportunidade, em ataque pela direita, Chuck atraiu a marcação dupla dos defensores do Audax, deixando o caminho livre para Léo Santos. O lateral direito do Velo recebeu a bola e bateu forte para a entrada da pequena área, mas nenhum pé velista alcançou a bola para desviá-la para o fundo do gol.

O Velo clube começou melhor a segunda etapa, mantendo a posse de bola e atacando a equipe visitante. Em diversas oportunidades, principalmente nas bolas paradas, o time rio-clarense levou perigo à meta do Audax.

Léo Santos, após bola alçada na área por Alisson, ganhou no alto da marcação do Audax e testou firme para o gol. A bola parou na trave direita do goleiro Jeferson, que só observou e torceu.

Nos minutos finais, Chuck puxou contra-ataque para o Velo e só foi parado na obstrução de Azevedo. O jogador do Audax já havia levado um amarelo, tomou o segundo e foi justamente expulso pela arbitragem. Janílson cobrou a falta da entrada da grande área e levou perigo a Jeferson.

Com um jogador a mais e vantagem de se classificar com o empate, nem os mais pessimistas torcedores do Velo imaginariam o que estava para acontecer. O camisa 10 do Audax, Matheus Souza (Marcondele), acertou um chute de rara felicidade da ponta esquerda, jogando a bola no ângulo direito de Felipe Rocha e marcando um golaço para abrir o placar para os visitantes. Velo 0 x 1 Audax.

O Rubro-Verde, que contava com a vantagem numérica, passou a pressionar o Audax em busca do empate que lhe daria a classificação. No entanto, Marcondele aprontou novamente e marcou mais um golaço. O camisa 10 recebeu pela esquerda, trouxe para o meio tirando a marcação velista e disparou um petardo contra a meta de Felipe Rocha. A bola bateu no travessão e morreu no fundo das redes. Velo 0 x 2 Audax.

O jogo terminou com este placar e o Velo Clube, que perdeu a primeira na competição, está eliminado da Série A3. O Audax, por sua vez, conseguiu a classificação improvável e está nas semifinais do certame. A equipe de Osasco vai enfrentar o Barretos na próxima fase, enquanto o Desportivo Brasil encara o Monte Azul.

FICHA TÉCNICA

Velo Clube 0 x 2 Grêmio Osasco Audax

DATA: 13 de abril de 2019.

HORÁRIO: 19h.

LOCAL: Estádio Benito Agnelo Castellano, Rio Claro-SP.

PÚBLICO: 1651 pessoas.

RENDA: R$16875,00.

GOLS: Audax – Matheus Souza (Marcondele) 2x.

VELO CLUBE: Felipe Rocha; Léo Santos, Alexandre, Diogo e Janílson; Eurico (Pedro Henrique), Niander e Anderson Brito; Alisson (Douglas), Gustavo Henrique(Vinicius) e Chuck. Técnico: Karmino Colombini.

AUDAX: Jeferson; Fábio, Lucas, Bruno e Wesley; Giovani (Kleber), Matheus Souza (Marcondele) e Matheus Azevedo; Danley (Pimenta), Samoel e Pablo. Técnico: Robélio Cavalinho.

EQUIPE DE ARBITRAGEM: Alysson Fernandes Matias (Árbitro), Diogo Correia dos Santos (Assistente 1) e Marcelo Zamian de Barros (Assistente 2)

CARTÕES AMARELOS: Velo Clube – Léo Santos, Eurico, e Gustavo Henrique; Audax – Matheus Azevedo e Bruno.

CARTÕES VEMRELHOS: Audax – Matheus Azevedo.


Comentários: